so-pretty.info

Blog da fotografia portuguesa interessada em viajar. Meu nome e Bruno e espero que voce goste do meu site

BAIXAR 177 MANEIRAS DE ENLOUQUECER UMA MULHER NA CAMA PARA


Compre MANEIRAS DE ENLOUQUECER UMA MULHER NA CAMA, do(a) EDIOURO. Confira as melhores ofertas de Livros, Games, TVs, Smartphones e. Compre Maneiras de Enlouquecer uma Mulher na Cama, de Margot Saint Loup, no maior acervo de livros do Brasil. As mais variadas edições, novas. Maneiras De Enlouquecer Uma Mulher Na Cama Em Pdf Download Getting Started With Spring Framework Pdf Files. Posso te garantir.

Nome: 177 maneiras de enlouquecer uma mulher na cama para
Formato:ZIP-Arquivar
Sistemas operacionais: iOS. Android. Windows XP/7/10. MacOS.
Licença:Apenas para uso pessoal (compre mais tarde!)
Tamanho do arquivo:50.86 Megabytes

Formato: 14x21cm, pg;, capa dura, encadernado, livro usado, bordas ligeiramente desgastadas, capa arranhada. Com humor e desenhos engra. Eriza Girard. Only can maneiras maneiras de enlouquecer uma mulher na cama enlouquecer uma mulher na cama pdf did like the for maneiras de enlouquecer uma mulher na cama pdf admit that While basically having no connection with Mac or Mac OS X, Cmaa for Mac does offer the ideal WordPress and enlouquecef naa integration experience for wanting to broadcast blog and social media activity, easily. Nintendo DS Voltar Voltar. Em todas as posições

Compre Maneiras de Enlouquecer uma Mulher na Cama, de Margot Saint Loup, no maior acervo de livros do Brasil. As mais variadas edições, novas. Maneiras De Enlouquecer Uma Mulher Na Cama Em Pdf Download Getting Started With Spring Framework Pdf Files. Posso te garantir. MANEIRAS DE ENLOUQUECER UMA MULHER NA CAMA Margot Saint- Loup Tradução Luiz Cavalcanti de M. Guerra SUMÁRIO Introdução 7 Como. Download " MANEIRAS DE ENLOUQUECER UMA MULHER NA CAMA. Margot Saint-Loup. Tradução Luiz Cavalcanti de M. Guerra SUMÁRIO. Introdução. Download Maneiras de Enlouquecer as Mulheres na Cama - Margot Saint Loup Essa é a vez dos homens conhecerem as melhores e.

LIVRO MANEIRAS DE ENLOUQUECER UMA MULHER NA CAMA BAIXAR

Só a língua. A barriga. Entre o umbigo e o monte de Vênus, a barriga é uma parte da anatomia extremamente sensível, e suas carícias podem propiciar-lhe es- tremecimentos deliciosos. Com a lín- gua, volte a subir pela parte mediana, frequentemente coberta por uma linha de penugem macia, leve, quase invisível, mas que 78 n o escapa aos seus olhos perspicazes.

Ei-lo prisio- neiro! No alto, o umbigo; embaixo, a entreperna. A partir desse wornento deixe que o seu instinto passe a gma-lo. Se quiser, pode tornar a subir para acarici -la pelos flancos, no ponto onde o estómago forma uma entrada. Que cosquinha boa! O ínterwr das coxas. Ela se acha deitada na cama, vestida apenas com as meias. Comece a tir -las com delicadeza e le- vante-lhe a perna. Acaricie, beije, do joelho até Até essa dobra entre o sexo e o nascimento da coxa. Quanto mais subir, mais prazer arrancar da bichinha.

As entradas. A mulher experiente, que conhece tudo sobre como deix -lo maluco, sempre borrifa esses lugares com uma gota de perfume. A bunda. Essa parte do corpo em que você sempre repa- ra, muitas vezes até antes de tudo o mais, merece um tratamento respeitoso. Se ela mostrar-se re- sistente, merece uma boa palmada, cujo ardor você mitigar imediatamente com beijos e linguadas frenéticas. O períneo. Entre a vagina e o anus, é uma das regiões mais sensíveis da arratornia ferninina Uma das menos extensas, mal conhecida e até desconhecida.

Faça movimentos circulares, acaricie, lamba. A felicidade! O que lhes dar vontade de acariciar muito mais ainda e melhor. Deslize calmamente até o polegar, coloque-o dentro da boca, sugue-o, com um movimento de vaivém, de alto a baixo. Passe ao indicador e repita a dose. E assim com o médio, o anular e o inindinho, sempre suave e lentamente.

Os pés.

PDF - 177 Maneiras de Enlouquecer uma Mulher na Cama

Você tam- bém pode beij -los. Siga o arqueado, beije os artelhos, deslize a língua entre cada dobra, insista na base, o peito do pé Elas correm ou demoram-se, roçam, massa- geiam, amassam, esfregam, fazem cócegas Di- ferentes, mas igualmente embriagadoras. A esse propósito podemos ler no Kama-Sutra: óNada subs- titui os arranhões e as mordidas para fortalecer o amor. Mas sua boca guarda ainda tantos tesouros próprios a excitar a mulher!

Nada de morder como um cao raivoso prestes a arrancar um pedaço de carne! Absolutamente tudo. Nada de lanhar a pele das costas com as unhas. Depois deixe as unhas deslizarem ao longo de seu corpo.

A memória se perde à medida que se apagam essas marcas. E o que acontece com os amantes que fazem amor muito raramenteó. Mas nada disso exclui a doçura.

Ainda em criança eu ficava maluca com os óbeijos borboletaó: um simples batimento de cílios em minha face me proporcionava um delicioso estre mecimento. Seus cílios sobre as minhas p lpebras, o pescoço, os seios, a barriga, as coxas Ainda sinto uma vibra- ç o. Como resistir àqueles olhos? Seus cabelos. Parece estar buscando alguma coisa, enfiando-se nela Mas, por favor, evite passar gel em suas mechas rebeldes!

Seu sexo. Agache-se sobre a mu- lher deitada, fazendo com o corpo movimentos de vaivém. Nada saberia substituir o contato de sua pele com a dela, mas você tem todo o direito a variar os prazeres. Pense nas jóias. Retire delicadamente o anel e pas- se-o sobre o corpo nu. A pedra fria vai logo aquecer-se, acarici- ar e arranhar.

Maneiras De Enlouquecer Uma Mulher na Cama

E, para os arranhões, voce sempre ter as próprias unhas. No caso de jóias, você pode pre- feriras pulseiras, OS colares, aquele mesmo que ela costuma tra- zer ao pescoço, nos punhos ou no tornozelo. Que os latinistas me perdoem se vamos usar aqui uma palavra mais chula, ou seja, a cunilíngua. Pode ser ainda um código entre vocês, uma senha, um abre-te sésamo precioso para encontrar a chave da porta de jade ou da gruta de coral. Por medo, pudor e até, embora mais raramente, por pura e simples falta de vontade.

Em geral, a mulher é gulosa disso. Gosta de oferecer-se as- sim a você, entregando-lhe sem rodeios e sem falso pudor o que possui de mais secreto. Mais tarde você penetrar essa vagina que devorou com os bebeu. Nada de pânico! Agora, sim, pode se considerar excitado e morrendo de im- paciencia. A cunilíngua é uma arte onde sempre se aconselha um procedimento inicial de pequenos toques.

Afaste lentamente as coxas e beije o interior delas, su- bindo até o monte de pentelhos. Que doçura! E sobretudo olhe. Faça um reconhecimento.

Esse que você tem diante dos olhos merece muito mais que uma simples olhadela. Evite, por exemplo, as compa- rações duvidosas Seria uma absoluta falta de tato.

NA UMA ENLOUQUECER MULHER BAIXAR MANEIRAS CAMA DE PARA 177

Dê inicialmente pequenos toques com a língua, depois com mais demora e força. Especialize-se: brinque com o clitóris, co- brindo e descobrindo a glande, ao mesmo tempo que a beija, lambe, roça Respeite esse desejo, prolongue o ins- tante.

Ouse introduzir-se com a ponta da língua. Volte em seguida ao clitóris Durante alguns segundos ainda, sua boca deve continuar trabalhando, pronta para receber os fluidos que correm. Deliciosa beberagem, elixir enfeitiçante, você bebe a mulher, embriaga-se com o seu filtro de amor, enquanto ela mesma desfalece, enlanguescida e entregue, satisfeita e feliz.

O importante é o prazer compar- tilhado. Você pode molh -los antes chupando-os, enquanto dirige à parceira olhares cada vez mais excitantes.

Maneiras de Enlouquecer Uma Mulher na Cama – Margot Saint-loup () – Shopping UOL

É prazeroso ao extremo! Demore-se na vagina, em vaivém, fazendo pequenos movi- mentos circulares, depois lamba os próprios dedos lambuzados com suas saborosas secreções, sem nunca deixar de encar -la. Amarrote o tecido para sentir o calor da boceta, esfregue, massageie A seda acar,cia5 a renda faz cócegas. Você pode inclusive introduzir os dedos na vagina com a calcinha funcionando como um capuz.

Deslize até o períneo, massageie-o com a língua e, indo em frente, aproxime-se do ânus, em torno do qual você desenhar círculos, como se quisesse forçar, cheio de gentileza, essa entrada secreta.

Esteja atento às reações da parceira. Varle os prazeres. Sua boca re- pleta do odor dela mesma lhe proporcionar um prazer inesque- cível. Use um vibrador elétrico para colocar-lhe o sexo em fogo Penetre para umedecer e torne a procurar o clitóris. Ou se contente em passar o vibrador elétrico ao longo do rego da bunda, insistindo sobre o sacro, até acima do cóccix, que você sente no nascimen- to das n degas Ela vai curvar-se para tr s e dar pinotes.

Passe uma pedra de gelo sobre o sexo dela, insistindo na glande do clitóris, que se enrijece automaticamente. Sua boca vida e gulosa logo o reaquecer. A mulher de costas e você de bruços, de modo a ter a cabeça exatamente à altura do sexo dela. Ela pode estar com as pernas esticadas ou encolhidas, o que permite uma abertura melhor.

Se a cama for pequena, fique do lado de fora, de joelhos Erga-lhe a bacia. Se ela estiver impaciente e vida, mas preguiçosa, ponha-lhe almofadas debaixo da bunda. Mude outra vez! Estenda-se sobre as costas e peça à mu- lher que se agache acima de você, o sexo dela na frente do rosto.

VII Confortavelmente sentada numa poltrona, afaste-lhe as coxas sempre com a maior delica- deza e coloque cada uma das pernas nos braços do móvel. Irresis- tível. Para ela e para voce. Se possui uma cadeira de balanço, este é o momento de ser- vir-se dela. O vaivém da b scula provoca delirantes mudanças de ritmo e de sensações. A cunilíngua surpresa é, como tudo aquilo que ela espe- ra sem ousar acreditar, um momento excepcional.

E a do garçom do restaurante? Em contrapartida, durante uma conversa a dois no aparta- mento, aproveite os prazeres que a mesa lhe oferece. Para degustar à temperatura ambiente. Deslize do calor das cobertas e lamba aquela boceta doce e repousada.

Enfim, um acordar agrad vel! A cada qual seu prazer e seus prazeres.

NA MULHER ENLOUQUECER PARA 177 BAIXAR UMA DE MANEIRAS CAMA

Compartilhe por- tanto os seus. Cabeça de um para os pés do outro a fim de fazer o famoso Para serem bem-sucedidos nessa óespecialidadeó, podem ficar deitados: ela embaixo, você em cima. Ou o contr rio, se quiserem. Para mais conforto ainda, ousaria recomendar-lhes que fi- cassem de lado, a cabeça de um repousando na coxa do outro.

Devem mexer-se juntos, gemer ao mesmo tempo, o ritmo das carícias crescendo sem parar.. A melhor maneira de experinient -lo é fazendo com que a mulher se deite ao contr - rio sobre o corpo do amante: ele põe o pênis em sua boca, e, sua cabeça colocando-se entre as coxas dela, ele devolve a gentile- za, introduzindo-lhe toda a sua língua Se devemos acreditar nos indianos, óde acordo com as características e as dimensões cio pênis, o homem é le- bre, touro ou cavalo.

Do mesmo modo, a mulher é antílope, égua ou elefante, segundo a profundidade de sua vagina Para um prazer equilibrado, é preferível que os parceiros tenham medi- das sexuais correspondentesó. Chega de brincadeiras que a coisa e seria! Depois de tantas preliminares gostosas como o quê, é che- gado o tempo daquilo que alguns chamariam de o prato de re- sistência.

É a passagem obrigatória, pelo menos a parte mais natural e ins- tintiva do ato de amor. Por sinal, muitos homens acham que tudo se limita a isso. E mesmo de sur- preendê-la. Daí a surpresa e a hilaridade que lhes provocava o mé- todo empregado pelos mission rios ocidentais. Muitos a consideram tediosa, con- vencional, repetitiva e carente de fantasia. Erro grosseiro! Pretende-se que ela teria sido imposta ao lon- go dos séculos pelas mulheres preocupadas em saber com quem estavam transando.

Comece esfregando a piroca impaciente contra a sua boceta fremente. Penetre com delicadeza, depois comece a ir e vir com um ritmado balanço dos quadris. A parceira vai encoraj -lo me- neando a bacia.

Varie o compasso. Acelere as investidas da piroca, em seguida se afaste para que a glande se coloque exatamente à entrada da vagina. Os indianos chamam isso de a tempestade. Realmente devastador! Se a garota tiver uma boa flexibilidade, dobre-lhe os joelhos até o peito para que ela possa colocar as pernas sobre os seus ombros.

Todo o restante.

MULHER MANEIRAS NA UMA CAMA ENLOUQUECER 177 DE PARA BAIXAR

Os beijos em sua boca, as lambidas em seu pescoço, as mordidas cuidadosas em seus seios. Saiba marear os tempos de pausa a fim de retomar o fólego, de repousar os braços e administrar os seus efeitos.

Deite-se sobre ela, os dois troncos unidos, a cabeça mergulhada no pes- coço dela. Peça-lhe agora que estique as pernas apertadas uma con- tra a outra e faça a mesma coisa. Mexa-se lentamente e, se pos- sível, junto com ela. Chegados ao paroxismo do desejo, ambos se sentem à beira do desfalecimento. Tente dernorar-se um pouco mais, ofé- recendo-lhe assim alguns orgasmos de aquecimento.

Ofere- ça-lhe os dedos para laniber. Com a piroca in- teira na boca, ela acaricia e massageia-lhe o saco. De qualquer modo, diga sempre à parceira o que pretende fazen Ela tem o direito de preferir que você goze dentro dela. Ali s, nem ela. Mas ainda neste caso é necess rio obter o consentimento da companheira. Em sela! Tranquillze-as fechando os olhos E guarde num cantinho da memó- ria as palavras do Kama-Sutra: 'Tor mais reservada que seja uma mulher a respeito de suas inclinações e sentimentos, quan- do ela cavalga um homem desvela sempre sua natureza íntima e seus desejos profundos.

Deite-se sobre as costas, pernas juntas e convide a bela a apoiar-se sobre os joelhos, o sexo dela exatamente acima do seu membro altivamente firme e duro. In- troduza a cabecinha, mas tire-a logo. Agarre-lhe os peitos, amasse- os, esmague-os, massageie-os, role os mamilos entre os dedos.

Jogando com a cintura, levante cabeça para beij -los, nior disc -los, lambê-los. Aproveite os instantes em que ela ainda parece suspensa para agarrar-lhe a bunda com as duas inaos. Ela estremece de rontentamento e você vai à loucura. Sem lhe lirar os olhos, lamba voluptuosamente um ou v - 11 aj rios dedos e toque-lhe, o clitóris. Você também pode encor ' -la a masturbar-se. Conserve essa posiçao o mais que puder.

Quando afrouxar, ela cai e fica montada em você Só Deus sabe se ela poder voltar a erguer-se depois de um tal golpe. Ei-la novamente dando-lhe as costas. Segure-lhe a cintura, os quadris, fazendo-a mexer-se: lí- geiros movimentos de alto para baixo, da direita para a esquer- da, da frente para tr s, e ainda movimentos circulares.

Mexa os seus próprios quadris no mesmo ritmo. Massageie-lhe as costas, a nuca, os ombros. Os seios, a barriga, o clitóris Sempre visando decuplicar o dela, nada mais tentador que estimular-lhe o clitórIs com o vibrador elétrico. Vamos virar! Mas esse ligeiro incon- vemente é largamente compensado por prazeres que vocês fa- riam mal recusando.

A mulher pode igualmente deplorar o fato de sentir-se tra- vada em seu desejo de acarici -lo. Em contrapartida, ei-la par- ticularmente bem colocada para receber os seus toques e mas- sagens de todo tipo. Peça- he que se ponha de quatro. Enquanto a penetra, seus proprios pentelhos roçam e afagant agradavelmente a bun- da da coi-ripaiffieira. Se repugna à bela pudica colocar-se em postura -ani- maló, deite-se de lado. Pois imagine voce, eu estou desmaiando! Aviso, porém, aos menos inspirados que a mulher pode tam- bém apoiar-se em outros móveis: costas das cadeiras ou de pol- tronas, cómodas, lareiras, estantes de livros Sem falar, num outro registro, de sacadas e balaustradas, na pia do banheiro Preciso dizer que a rotina mata o amor aos pouquinhos?

Você pode igualmente excit -la manipulando a vara e fazen- do-a deslizar ao longo do rego da bunda. De você Você vai penetr -la pas- sando por baixo da coxa que se acha contra a sua, enquanto a outra, dela, encontra-se dobrada e, com um pouco de sorte, es- correga entre os seus joelhos.

Isso pode parecer um pouco com- plicado, explicado assim no papel, mas na cama revela-se mais simples. Da boca ao clitóris, passando pelos seios e o umbigo, nada deve escapar as suas inaos experientes. Deite-se agora de lado, de frente para ela.

Comecem por se esfregarem com beijos apaixonados. A mulher acolhe-o entre as coxas ou você a prende entre as suas. No primeiro caso, você ter todas as condições para acariciar-lhe a bunda; e, no segun- do, ela se deliciar com os golpes do seu saco contra o sexo dela. Essa postura é chamada de óà preguiçosaó. Quem foi que disse que os prazeres obtidos sem esforço eram menos bons que quaisquer outros?

Pura maledicência! Sentado ou de pé? Muitas mulheres ficam loucas com essas experiências novas. Você pode satisfazê-la ainda mais cobrindo-a de beijos. Tais rapidinhas fazem sonhar. Você também Pode tom -la, sentada, face a face. Nada de bancar o tímido logo agora Claro que você pode se sentar na cama Esse joguinho é o diabo numa banheira, por exemplo, ou sobre uma cadeira.

Ele pode revelar-se ainda mais excitante em outros lugares. O tempo de uma pausa, voces param para sentar-se num banco. Se soubessem Na estrada de Sodoma Vamos agora à parte mais delicada entre todas. Eu acho isso asqueroso.

Que falta de respeito! Acho que o qualificativo ócuriosaó estaria mais bem emprega- do. E depois tive a sorte de ser iniciada nessa pr tica por um amante maravilhoso, doce, paciente e respeitoso: um cara fora de série. Um pouco de modos, bolas! E de controle! Saiba esperar o tempo adequado. E coloque bem na ca- beça que isso pode levar v rios dias, v rias semanas e até mes- rflo varios meses. Mas é um paraíso que vale bem o seu preço!

CAMA DE ENLOUQUECER BAIXAR UMA NA PARA 177 MULHER MANEIRAS

Com minuciosa delicadeza, aprecie a textura do orifício anal, que deve acariciar fazendo movimentos circulares. Umedeça o dedo com saliva para variar as sensações e, muito suavemente, che- gue mais perto da meta. Você pode em seguida passar a outra etapa, ousando for- çar mas delicadamente, claro apenas a ponta da língua ou do dedo. E sem dor.

A mulher de quatro, você de joe- lhos, a garupa dela à altura do pênis. Antes de qualquer outra brincadeira, deve tomar um senhor banho. Depois de um ómission rioó prometedor, passe as pernas dela sobre os seus ombros, acaricie-lhe as coxas, lamba-lhe os pés para dar-lhe mais apetite ainda.

Faça-a inclinar ligeiramente o busto, pegue-lhe os seios, depois a cintura, e introduza-lhe a piroca no ânus. Com suavidade. Poéticas ou vulgares, tente encontrar as necess rias. Para lisonjear, encorajar, excitar, tranquilizar, pedir, agradecer, dinamizar, pedir mais, atear fogo Quer alguns exemplos? Você me deixa de pau duro. Queria senti-la em mim Fode comigo! Eu sou todo seu Me chupa! Você é toda minha. Eu vou trat -la como a um animal! Estou louco por suas carícias Vamos, mexa, pule, me chupe!

Como é bom! Vou gozar! Eu te amo! Roberta Vilela. Larissa Costa da Mata. Pedro Paulo Pereira. Populares em Sexual Intercourse. Andréa Tarazona. Dorivania Amaral. Francisco Dias. Taciana Oliveira. Kaka Portilho. Sandra Ribeiro. Daylin Armstead. Eriza Girard. Débora Costa. Ana Garrett. Edu Max. Joana Freitas. Cadastre-se Ajuda Blog. Listar Livros. Exibindo todas as publicações encontradas. Formato: 14x21cm, pg;, capa dura, encadernado, livro usado, bordas ligeiramente desgastadas, capa arranhada.

Capa ilustrativa. Ótimo estado, conservado, 21 x 14 cm, pgs. Livro em bom estado. Muito bem conservado, texto sem grifos e sem amarelado, capas e lombada sem sinais de uso. Aproveite para ler também:. Ordernar por: Avaliações mais recentes Avaliações mais antigas.